MOTIVAÇÃO PASTORAL-X ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS

MOTIVAÇÃO PASTORAL-X ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS

MOTIVAÇÃO PASTORAL-X ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS

  • 06 de Junho de 2022
  • Publicado, 17:19:49

                                                DIOCESE DE JABOTICABAL

     Comissão Pastoral Diocesana para a Vida e a Família

Ano da Família Amoris Laetitia

X Encontro Mundial das Famílias - Multicêntrico

Roma e Dioceses do Mundo, 22 a 26 de junho de 202

“O Amor em família: vocação e caminho de santidade”

 

MOTIVAÇÃO PASTORAL

 

Prezados irmãos e irmãs, 

Presbíteros, Diáconos, Religiosos(as), Leigos(as) de nossa Família Diocesana de Jaboticabal,

 

Graça, alegria e paz no Senhor, Deus da Vida!

 

Sua Santidade, o Papa Francisco, CONVOCOU A IGREJA para concluir o Ano da Família Amoris Laetitia e celebrar o X Encontro Mundial das Famílias (X EMF/2022), que terá sua sede em Roma, entre os dias 22 a 26 deste mês de junho deste corrente ano de 2022. 

A novidade deste encontro é que por primeira vez não será somente um encontro presencial em Roma, mas um encontro “multicêntrico”, com repercussão nas Dioceses do mundo inteiro, onde várias iniciativas pastorais, litúrgicas e culturais (lúdicas) deverão acontecer simultaneamente, com a possibilidade da criatividade e adaptação da programação para cada realidade eclesial local. 

Portanto, é desejo expresso do Santo Padre que o “encontro” seja realmente “mundial” e aconteça de forma descentralizada, em todas as comunidades e se realize, principalmente, em cada “Igreja Doméstica”. Afinal, a “Igreja Universal” é uma imensa rede de incontáveis “Igrejas Domésticas”, constituída por cada uma de nossas Famílias Cristãs chamadas a uma vocação de amor e santidade que deve ser testemunhada no mundo.

A Diocese de Jaboticabal se une a este grande evento e deseja refletir o tema proposto: “O amor em família: vocação e caminho de santidade”. Convém que cada Paróquia, a partir de seu CPP, com especial apoio da Pastoral Familiar e de outras expressões de “cuidado com a vida e a família”, elabore a sua programação local, inspirada e em comunhão com aquela que há de se realizar em Roma e no Brasil, evidentemente adaptada à comunidade paroquial (anexo a esta enviamos a proposta sugerida pela CNBB). 

Não será demais recordar que conforme o Plano de Pastoral da Diocese de Jaboticabal o foco deste “Ano Pastoral 2022” se direciona para os “Jovens e as Vocações” e que no ano passado o foco estava direcionado para as “Famílias”. São dois “lugares eclesiais” privilegiados para se realizar uma ação pastoral de conjunto, pela qual se estabeleça e se fortaleça a formação das famílias como um todo, mas particularmente voltada para os jovens que se encontram num período de discernimento e maturação vocacional, tanto para o ministério ordenado e a vida consagrada, pois estes deverão se ocupar do serviço em favor das famílias, quanto para a escolha consciente da vocação para a vida em família, pela qual assumirão sacramento do matrimônio, particularmente auxiliados pelo “SAV/PV” e pelo “Setor Pré-matrimonial da Pastoral Familiar”.

Compete, pois, à Pastoral Familiar, bem como à Pastoral Juvenil e ao SAV/PV encontrar um ponto de unidade e articular ações em vistas da concretização das propostas contidas no Plano de Pastoral Diocesano, buscando integrar os “Anos Pastorais da Família, dos Jovens e das Vocações”, neste momento iluminados igualmente pelo X EMF/2022, num contexto de “Sinodalidade e Diocesaneidade”.

Mais abaixo pontuaremos a programação sugerida a partir do que acontecerá em Roma e no Brasil, deixando para que cada Pároco/Administrador Paroquial, juntamente com os seus CPPs e Equipes Paroquiais da Pastoral Familiar, Movimentos Familiares e Juvenis, possam elaborar uma eficaz “Programação Paroquial” que expresse comunhão Universal e Diocesana, valorizando o “Multicêntrico X EMF/2022”, como é o vivo desejo do Papa Francisco.

Aliás, em recente mensagem à Rede Mundial de Oração do Papa – Apostolado da Oração, o Papa Francisco pediu que a intenção oracional para o mês de junho seja pelas famílias, como expressou: “Rezemos pelas famílias cristãs de todo o mundo, para que, com gestos concretos, vivam a gratuidade do amor e a santidade na vida quotidiana”. É um desafio para a humanidade e da missão da Igreja!

Outro aspecto que desejamos relembrar é que no vindouro mês de agosto deveremos realização da tradicional Semana Nacional da Família, para a qual se exige empenho e organização previa e para a qual sempre é de grande valia o subsídio Hora da Família 2022, preparado pela CNBB. Em tempo oportuno a CPDVF (Comissão de Pastoral Diocesana para a Vida e a Família) apresentará algumas orientações e propostas, porém faz-se necessário que a Paróquia se empenhe para que a SNF seja viva e dinâmica em sua comunidade. 

Por certo, trata-se de uma oportunidade “pós-pandêmica” ideal para fortalecer ou organizar a Pastoral Familiar Paroquial. Neste sentido, a CNBB acabou de publicar o caderno Pastoral Familiar na Paróquia – Guia de Implantação, agora revisado e iluminado pela exortação apostólica pós Sinodal Amoris Laetitia, que em breve faremos chegar a cada Paróquia, desejosos de que todos o conheçam e se comprometam em colocá-lo em prática nas comunidades.

Como será bom se pudermos retomar as propostas do “Ano Pastoral da Família/2021”, previstas em nosso PPD, que infelizmente se viu enfraquecido em função da pandemia e cuja relevância permanece essencial e indispensável para a eficácia da ação pastoral com as famílias. Retomemos com entusiasmo a proposta e avancemos neste caminho do serviço às famílias de nossas comunidades.

 

PROGRAMAÇÃO MULTICÊNTRICA, EM ROMA E NAS DIOCESES DO MUNDO

Sobre a Programação Geral em Roma e a Programação para o Brasil, proposta da CNBB, enviamos o anexo, datado de 07 de março de 2022, assinado por Dom Ricardo Hoepers, Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e Família. Confiram!

 

PROGRAMAÇÃO NA DIOCESE DE JABOTICABAL

 Tendo em conta que cada Paróquia deve elaborar a sua própria Programação Paroquial, adaptada à sua realidade, enquanto CPDVF apontamos para as duas principais atividades que devemos realizar em comum, como sinal de unidade – uma Paroquial e outra Diocesana – e sugerimos alguns elementos para os demais dias à critério de cada Paróquia, motivando a criatividade e dinamismo local.

 

1 - Celebração de abertura do X EMF/2022 em âmbito Paroquial

No dia 22 de junho (4ª-feira), em horário a ser definido por cada Paróquia, pede-se que em cada Paróquia seja realizada a Missa Paroquial de Abertura do X EMF/2022, para a qual o Dom Eduardo encaminhará sua “Mensagem às Famílias”. Solicitamos que sejam criativos ao destacar a temática, orações e cantos propostos para o X EMF/2022, harmonizando-os com a liturgia prevista para as primeiras vésperas da Natividade de São João Batista (Cf. Diretório Litúrgico da CNBB).

 

2 - Encontros presenciais, lives ou celebrações sobre o tema do X EMF/2022

Nos dias 23, 24 e 25 de junho (5ª-feira a Sábado), pede-se que cada Paróquia organize encontros pastorais presenciais, lives ou valorize o momento das celebrações para refletir os temas propostos pelo EMF/2022, reunindo especialmente as realidades da Pastoral Familiar, dos Movimentos Familiares, da Catequese e expressões Juvenis existentes na Paróquia, sem esquecer aquelas expressões que estão associadas às famílias mais pobres e necessitadas e, muito especialmente, os idosos e enfermos. Sugestões:

  • Onde houver Pastoral Familiar ou outros Movimentos Familiares organizados, de acordo com os seus objetivos e “carismas” se promova ações em favor da família e da vida, sobretudo, encontros comunitários de reflexão e de oração com as famílias.
  • Onde houver Pastoral da Criança, se façam atividades envolvendo as famílias das crianças acompanhadas.
  • No âmbito da liturgia, valorizar as celebrações já previstas nas comunidades e, onde for possível, incrementar com a “Hora Santa Eucarística” pelas famílias. 
  • Será importante organizar algum tipo de confraternização comunitária, aproveitando a “cultura junina” tão propícia nestes dias em que celebramos os “Santos Juninos”, envolvendo catequizandos e jovens e suas famílias na preparação.
  • Motivar as famílias para que, na condição de “Igreja Doméstica”, priorizem: a participação na Missa dominical, a leitura bíblica e oração em família, especialmente a récita do Terço, e organize um almoço ou jantar festivo que reúna os familiares.
  • Valorizar as “visitas domiciliares”, inclusive dos Padres, MESCE e Seminaristas, dando destaque aos afastados, aos idosos e enfermos, inspiradas no projeto “Setorizar para Evangelizar”. Poderão ser visitadas as famílias mais pobres, as casas de repouso (asilos), os abrigos de menores, escolas, hospitais etc.

Enfim, há muito que se possa fazer nestes dias, com empenho e entusiasmo, abraçando a causa da vida e da família.  

 

3 - Celebração de conclusão da Fase Diocesana do Processo Sinodal, em comunhão com o encerramento do Ano da Família Amoris Laetitia e do X EMF/2022

No dia 26 de junho, às 09h00, na Sé Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Carmo, em Jaboticabal, acontecerá uma Missa de conclusão da fase diocesana do processo sinodal, em comunhão com o encerramento do Ano da Família Amoris Laetitia/X Encontro Mundial das Famílias, presidida por Dom Eduardo Pinheiro da Silva, SDB. 

Deverão participar desta celebração as pessoas oficialmente convocadas pelo Bispo Diocesano, representando todas as Paróquias, de modo particular, os membros da CPDVF e, quanto possível, um casal de cada Paróquia, a fim de que representem todas as Famílias de nossa Diocese.

Neste dia, solicitamos que nas Missas dominicais das Paróquias se dê destaque criativo no que se pode harmonizar com a liturgia quanto ao encerramento do Ano da Família Amoris Laetitia e do X EFM/2022. Poderá ser exposta à veneração dos fiéis a imagem da Sagrada Família ou o “ícone da Sagrada Família” preparado para o X EMF/2022, valorizar os comentários, preces, a oração do encontro, bênçãos relacionadas à família, músicas, ministérios etc. O importante é que, de alguma maneira, simples e profunda, consigamos expressar a nossa comunhão eclesial com o Sumo Pontífice e as Famílias do mundo inteiro que se unem numa só voz para proclamar a importância e a bênção que a família é para cada um de nós e para a sociedade como um todo.

Certo de que este haverá de ser um tempo fecundo de graças, rogamos a dileta e especial intercessão da Virgem Mãe de Deus e nossa e de São José, o seu castíssimo Esposo, para que nos alcancem de Jesus todas as bênçãos que nos são necessárias em nossas famílias e a copiosa redenção. 

Que o Espírito Santo infuso em nossos corações no dom de Pentecostes nos abrase no amor e no zelo pela causa da família e estas sejam verdadeiramente sacrários vivos onde Deus possa fazer a sua morada e todos cheguem à unidade perfeita e santificação da vida humana. 

  

Fraternalmente,

Pe. José Adalberto Salvini.

Presidente da CPDVF

 

Gilberto e Andréia Basílio,

Coord. da CPDVF

 

Jaboticabal-SP, Junho/2022.

 

 

 

 

Compartilhar postagem nas redes sociais: