PODCASTS SOBRE O MÊS DA BÍBLIA

PODCASTS SOBRE O MÊS DA BÍBLIA

PODCASTS SOBRE O MÊS DA BÍBLIA

  • 23 de Setembro de 2021
  • Publicado, 16:03:47

COMISSÃO PARA A ANIMAÇÃO BÍBLICO-CATEQUÉTICA

PREPARA PODCASTS SOBRE O MÊS DA BÍBLIA

 

          Por ocasião do Mês da Bíblia, a Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) está preparando uma série de podcasts sobre a Carta aos Gálatas, livro escolhido para ser estudado nesta 50ª edição do mês dedicado à Palavra de Deus. Os materiais em áudio serão oferecidos nas próximas semanas para dar continuidade às reflexões sobre a animação bíblica da Pastoral.

          O primeiro episódio já está disponível e aprofunda o primeiro trecho da carta paulina, no qual as igrejas da Galácia são exortadas de que “Não há outro evangelho”. O texto-base do Mês da Bíblia 2021 situa os dois primeiros capítulos do livro como uma parte em que Paulo se definiu como autoridade apostólica, diante dos conflitos de Jerusalém e Antioquia. “Era importante essa postura, porque apareceram, nas igrejas da Galácia, alguns missionários judaizantes afirmando que ele nunca tinha sido apóstolo. Ele mostrou que o seu apostolado viera como dádiva do próprio Cristo Jesus”, explica o texto.

          No podcast, escrito e narrado pelo professor e biblista Mathias Grenzer, da Faculdade de Teologia da PUC-SP, há a contextualização da carta e o convite à reflexão sobre qual evangelho acolhemos hoje. “Escutamos de forma autêntica, eclesial e orante os evangelhos de Jesus narrados por Mateus, Marcos, Lucas e João, ou aceitamos um evangelho diferente, que não corresponde a uma boa nova anunciada por Jesus?”, questiona Grenzer.

Confira o primeiro epísódio abaixo:

https://soundcloud.com/cnbbnacional/podcast-1-mes-da-biblia-2021?utm_source=clipboard&utm_campaign=wtshare&utm_medium=widget&utm_content=https%253A%252F%252Fsoundcloud.com%252Fcnbbnacional%252Fpodcast-1-mes-da-biblia-2021

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar postagem nas redes sociais: